http://www.maratonadoporto.com/pt/noticias/apresentacao-da-maratona-do-porto-confirma-elevadas-expectativas/

Notícias

Apresentação da Maratona do Porto confirma elevadas expectativas

Tal como estava calendarizado foi apresentada esta quarta-feira a partir das 15 horas, nas instalações do Planetário do Porto, a 12ª edição da Maratona do Porto EDP, que irá para as ruas do Porto, Gaia e Matosinhos no próximo dia 8 de Dezembro.

A presidir à conferência estiveram os presidentes das edilidades, Dr. Rui Moreira pelo Porto e Dr. Guilherme Pinto por Matosinhos e o vereado do Desporto de Vila Nova de Gaia Dr. José Guilherme Aguiar ; presentes ainda na mesa da conferência são de referenciar o Dr. Manuel Barros pela parte do Instituto Português do Desporto e Juventude, o presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, prof. Jorge Vieira, o Dr. José Syder, em representação da EDP, o Dr. Rodrigo Esteves, da Liberty Seguros, e o Dr. Daniel Folha, como anfitrião, director executivo do Planetário do Porto. Isto para além de figuras especificamente ligadas ao atletismo, como Aurora Cunha, sempre presente nos eventos da Runporto, o prof. João Campos, o atleta Rui Pedro Silva, que veio dar uma achega ao evento embora não vá competir desta vez, dado que se encontra lesionado e, claro, Jorge Teixeira, director-geral de eventos da Runporto.

Com forte afluência dos meios de comunicação social, que proporcionaram casa cheia, a apresentação principal do evento veio a ser feita a três dimensões, com uma projecção espectacular na abóbada do Planetário, que a todos agradou.

Foi confirmado que neste momento, a semana e meia da prova, o número de inscritos já ultrapassou os seis mil, mantendo-se portanto o objectivo principal da organização, que será o de atingir o número de cinco mil finalizadores da corrida principal, o que permitirá estabelece um novo recorde nacional nesta matéria, que se mantém pendente desde o ano passado quando 4041 corredores acabaram a 11ª Maratona do Porto.

image_1image_2image_3image_4image_5image_6image_7image_8image_9image_10image_11image_12image_13image_14image_15image_16image_17image_18image_19image_20image_21image_22image_23image_24image_25image_26image_27image_28image_29image_30image_31image_32image_33image_34image_35image_36image_37image_38image_39image_40image_41

Outro objectivo assumido pela organização é o do estabelecimento de uma melhor marca na maratona em solo nacional e para isso a corrida de 8 de Novembro conta com fortes argumento, como o são os quenianos Stephen Tum (2h06m35s), Gilbert Yegon Kollum (2h06m18s) e Jacob Cheshari (2h07m46s), além do etíope Gemechu Worku (2h07m43s), todos com marcas pessoais abaixo de 2h08m.

Para além dos atletas referidos e de outros inscritos, conta-se nos próximos dias com a confirmação de mais um terceto de fundistas de valia para ajudar à marcação de ritmo muito fortes.

Em termos nacionais, será o veterano Paulo Gomes a principal figura presente, na tentativa da obtenção de mínimos olímpicos para o Rio de Janeiro 2016. Gomes, que já foi olímpico na distância em Pequim 2008, detém na mesma um recorde pessoal de 2h12m51s, vindo da maratona de Praga da Primavera de 2007.

Esta nova formulação da prova com passagens pelo Porto, Gaia e Matosinhos foi salientada pelo Dr. Guilherme Pinto como algo de muito interessante e com forte potencial, dadas as excelentes relações entre as edilidades das três cidades, que se constituem actualmente como uma Frente Atlântica.

De entes os factos com impacto mediático referentes ao evento saliente-se que a equipa do programa Praça, da RTP, constituída por cerca de 30 elementos, e liderada por Sónia Araújo e Jorge Gabriel, ir correr a prova mais curta das que constituem a totalidade do programa, a Fun Race de 6km de extensão.

close